Cirurgia de nariz

INFORMAÇÕES SOBRE CIRURGIA DE NARIZ

"Rinoplastia" é a palavra empregada para designar a cirurgia plástica do nariz, para melhorar sua forma, e sua configuração. Tem por finalidade dar ao nariz um aspecto harmonioso com os demais segmentos da face. A cirurgia é recomendada quando estruturas osteocartilaginosas param de crescer.Por outro lado, não existe idade limite para se operar o nariz. A operação é realizada com instrumentos apropriados, que atingem especificamente as estruturas desejadas. Comumente, dependendo do volume e da forma, as asas do nariz podem ser diminuídas, resultando em cicatrizes pouco perceptíveis, como também a cicatriz na columela nas exo-rinoplastias (cirurgia aberta).


HOSPITALIZAÇÃO / ANESTESIA

Na maioria dos casos, a hospitalização é de 12 horas à 24h. O tempo de cirurgia é variável, deve-se considerar sempre o período que compreende a entrada do paciente no centro cirúrgico, o preparo da anestesia, etc., bem como o tempo de recuperação após a anestesia, até a saída do centro cirúrgico. A anestesia é quase sempre geral, porém, há possibilidade de ser realizada sedação e bloqueio combinados. Exames pré-operatórios permitem que se obtenha uma avaliação clínica do paciente. E durante o ato operatório é mantida a monitoração por um anestesista.


INCHAÇO DAS PÁLPEBRAS

As pálpebras poderão ficar inchadas durante os primeiros dias após a operação. Em seguida o inchaço regredirá. Raramente poderá ocorrer um derrame de sangue sob a pele das pálpebras, que poderão ficar roxas (equimoses). Ainda mais raramente o derrame de sangue poderá deixar vermelho o branco do olho. Isso não deve ser motivo de preocupação. O sangue será reabsorvido naturalmente pelo organismo.


CUIDADOS NO PÓS-OPERATÓRIO

1. Ao término da cirurgia é colocado sobre o nariz um curativo, que deverá permanecer por 10 dias, após sua retirada, a pele deverá estar com a coloração normal alterada e haverá um inchaço residual.

2. A operação é pouco dolorosa, eventuais sensações de dor poderão ser eliminadas com analgésicos, podendo também ocorrer dormência.

3. Nos primeiros dias após a cirurgia ocorrerá certa dificuldade para respirar, devido ao edema no interior das narinas e às crostas de sangue que ali se formam. Haverá ocasionalmente uma sensação de resfriado. Aconselha-se fazer a limpeza do nariz com algumas gotas de soro fisiológico várias vezes ao dia. Usar cotonete embebido em soro fisiológico ajudará a amolecer as crostas. O paciente não deve se preocupar se o cotonete ficar sujo de sangue durante a limpeza.

4. No caso de ressecamento das narinas deve-se usar cotonete com vaselina ou óleo para lubrificá-las internamente. Isso trará alívio

5. Após a alta hospitalar não é permitido deitar de costas; nunca com o rosto voltado para baixo. Não é permitido, assoar o nariz - este deve ser limpo com cotonete nos primeiros dias após a operação.

6. No período em que o curativo permanecer sobre o nariz não haverá restrição com relação à lavagem dos cabelos ou a banhos.

7. Após a retirada do curativo a limpeza do rosto deverá incluir o nariz. Recomenda-se fazer leves massagens com espuma de sabonete neutro ou loção adstringente (no caso de nariz de pele oleosa) duas a três vezes ao dia que ajudam a eliminar os excessos de secreção sebácea. O tempo para se atingir o resultado final varia, em torno, de 6 meses até 1 ano.

8. O uso de maquiagem no nariz é liberado após a remoção do curativo e a critério do médico.

9. Exercícios físicos e esportes, estarão liberados somente após avaliação médica e em torno de 30 dias.

10. O sol afeta o resultado da cirurgia, pelo excesso de calor. Por isso devem ser evitadas exposições ao sol. A volta ao sol deve ser testada aos poucos, em período curtos, em geral 3 meses após a operação, para que se possa avaliar o edema e as cicatrizes.

11. Após o 3º dia o paciente poderá ser liberado para voltar às suas atividades de rotina, desde que não haja inibição de se expor com o nariz operado e seu curativo. É da maior importância que não se traumatize a região.


POSSIBILIDADES DA RINOPLASTIA

Existem narizes complexos e narizes menos complexos e, entre esses extremos, um sem-número de narizes de complexidade variável, para os quais não é possível prever resultados. As cicatrizes, caso haja, correm os riscos inerentes a qualquer cirurgia. É fundamental compreender que os narizes estão sujeitos a retoques operatórios, em geral 06 meses a 01ano após a cirurgia. Esses retoques, quando indicados irão requerer os mesmos cuidados de rotina, como se fosse uma cirurgia primária. A equipe médica não lhe cobrará honorários quando o retoque for realizado dentro do prazo de 01 ano. Entretanto serão de sua responsabilidade os gastos hospitalares e laboratoriais. Após esse período a equipe médica passará a cobrar como se fosse uma nova operação. * Recomenda-se no pós-operatório, a realização de drenagem linfática, que propiciará uma melhor evolução pós-cirúrgica.


FUMO E MEDICAMENTO

Pacientes fumantes devem suspender esse hábito pelo menos 30 dias antes e depois da cirurgia, pois o fumo prejudica a circulação cutânea e dificulta a cicatrização, levando a formação de necroses de pele. O uso de aspirina, fórmulas ou medicamentos para eliminar o apetite, e de alguns tipos de antiinflamatórios deve também ser suspenso pelo menos 30 dias antes da cirurgia, por causarem aumento de sangramento. Recomenda-se no pós-operatório, a realização de drenagem linfática, que propiciará uma melhor evolução pós-cirúrgica.



Voltar

Caio Pereira Neto - Av. Santos Dumont, 263 - Aflitos, Recife - PE.
Fone/Fax : (81) 3241.3333

Website desenvolvido pela Unu Soluções